Educadores

Carla Ferro

Carla Ferro

Pesquisadora sobre aprendizagem sem ensino e desescolarização. Acompanha famílias brasileiras que optaram por não escolarizar seus filhos, promovendo o compartilhamento de informações, encontros e a criação de comunidades de aprendizagem livres e abertas. Neste momento se dedica a fomentar uma discussão pública no Brasil sobre a desescolarização, incluindo seus aspectos jurídicos, e a escrever um livro que será lançado ainda este ano. 

  • 16

    JUN

    2016

    Escolarizando o mundo: O aumento exponencial de pessoas que recusam a escola

    por Carla Ferro em 16/06/2016

    “Aqueles que zelam pelo nosso bem já não têm necessidade de nos confinar. Alucinantes serão as novas formas de controle.” (Gilles Deleuze)

    Na França, onde o ensino domiciliar é regulamentado como se quer aqui, a Assembleia votou há dois dias a favor da adoção de uma emenda que concede à autoridade acadêmica a decisão sobre os conteúdos e locais de testes que serão a partir de agora aplicados a todas as crianças que não frequentam a escola. Isto para garantir que diante do aumento exponencial de pessoas que recusam a escola, a escolarização possa se manter obrigatória para além de seus muros.

    É por isso que fica tão fácil confundir a recusa à escola com a privatização do ensino, como vejo acontecer.

    E é por isso que insisto na discussão sobre direitos e liberdade, sobre concepções de aprendizagem e de educação, sobre o que, na desescolarização, pode nos permitir ver além da pobre divisão entre público e privado.

    Não se trata apenas do direito de se poder decidir entre escola ou não escola. A conversa possível agora é abrangente, complexa, urgente.

    ...