Educadores

Regina Potenza

Regina Potenza

Regina Potenza é Professora especializada em Educação Infantil; Pedagoga pela FMU. Autora de “Cala boca...já morreu!” Atualmente na função de Professora da Rede Municipal de São Sebastião – SP onde já exerceu as funções de Direção e Coordenação Pedagógica. Reside em Boiçucanga e participa do “Grupo do Livro” que se reúne semanalmente para ler e conversar sobre a leitura de diversos títulos e diversos conteúdos e autorias. Integra também a Rede Românticos Conspiradores.

  • 26

    NOV

    2015

    Eu acredito é na rapaziada

    por Regina Potenza em 26/11/2015

    Você já viu a lista enorme de políticos (em todos os níveis) que tiveram doações de campanha pela Vale & BHP/ Samarco? Já viu também que muitos desses vendidos é que estão investigando o crime comedito? Não estranho mais nada dessa parte do Brasil corrupto. Está cada vez mais explícito: Como foram eleitos, o que estão fazendo lá e como são "paus mandados", verdadeiras marionetes nas mãos de grandes empreendimentos que financiaram suas campanhas. Todos eles e de qualquer partido. Tudo pelo dinheiro. 

    Quem sai prejudicado somos nós eleitores, pagadores de impostos, cidadãos honestos e trabalhadores. Colocaram uma tarja na nossa testa, idiotas. Continuam achando que somos mesmo porque temos agido como tal. Mentem, distorcem a verdade, desviam verbas para suas contas internacionais fantasmas, implantam provas onde não havia e ocultam provas onde havia, até matam pela ganância ou àqueles que os contrariam, esticando ao máximo a lógica da Ditadura. 
     
    Temos muitos mártires na nossa história. Pessoas que lutaram por princípios humanos, de sustentabilidade, liberdade, igualdade de direitos. Onde est[a a Justiça? Também foi comprada? É o que parece. Tanto criminoso "dos grandes" solto e as prisões lotadas de ladrõezinhos de pão com manteiga. Vamos ficar aqui apenas rezando, curtindo e compartilhando? A quem recorrer?
     
    Perdidos num rio e num mar de lama. Atropelados pelos tratores e moto serras que desmatam e matam os biomas. Pisoteados pela desproporcional manada de gado. Desalojados de nossa bela natureza que queima pela plantação de eucalipto. Humilhados em nome do "Desenvolvimento econômico". Cimentados junto com as nascentes nas grandes cidades. "Invasores" de escolas que nos pertencem. Zumbis e Indígenas diante de tanto preconceito inconstitucional. A lista é enorme. Não cabe neste post. 
     
    A esperança vem da moçada que está sendo educada na verdade, na democracia, no diálogo e em princípios éticos e de sustentabilidade e que já começa botar suas manguinhas de fora nas "Ocupações". A geração que está no poder hoje vai acabar. A geração que está vindo, educada pela geração jovem atual, Vai fazer a mudança necessária para que os Brasileiros sejam os donos do Brasil e de suas imensas riquezas naturais, usando-as com cuidado, parcimônia, responsabilidade, equidade e para o bem comum. 
     
    "Eu acredito é na rapaziada!"
    ...