Redação

Combate ao Racismo

Pesquisar

Pesquisar

  • 20

    JUN

    2016

    Expedição MundoMaker: Fazer para aprender e alfabetização digital

    por Redação em 20/06/2016

    Um dos significados da palavra EXPEDIÇÃO é o seguinte: ato ou efeito de fazer com que algo chegue a seu destino. E eu me coloco aqui a pensar no turbilhão de pessoas, ideias, desejos, certezas e incertezas que possam ter um destino.

    A palavra DESTINO parece soar como um único caminho possível, por mais ardiloso e árido que possa ser o trajeto, essa palavra se apresenta muitas vezes como uma determinante, mas como a arte subverte a palavra e seus significados, façamos uso dos versos de Drummond para quebrar todas as amarras de significado:

    Lutar com palavras / é a luta mais vã./ Entanto lutamos / mal rompe a manhã. / São muitas, eu pouco.

    Recorro aos significados e ao poeta para desvelar que o ato, a ação, ou até mesmo o simples olhar rompem com o poder de muitas palavras, e é isso que Expedição MundoMaker tem feito por onde passa, essa coluna que tem vários cavaleiros da esperança tem semeado possibilidades inventivas e tem feito em seus atos o romper com o linear, provocando a dúvida, fomentando a curiosidade e o desejo do saber.

    Em seu caminhão com as cores da esperança, repleto de traquitanas para desenferrujar a mente inventiva no corpo do adulto e estimular o desenvolvimento das mais instigantes aventuras que habitam o imaginário das crianças e dos adolescentes, eles estão perambulando o Brasil na mais nobre tarefa de hipnotizar olhares que enxergam a descoberta, de despertar risos de prazer ao aprender, e de colocar uma inquietação nos corpos para podermos repensar os moldes e modelos educativos que não queremos.

    O que temos visto é que o mundo fora dos muros da escola se apresenta veloz e sedutor com as diferentes formas de pensar e criar, a escola parada na janela assiste ao seu próprio descompasso cardíaco, que paralisava o corpo com suas grades curriculares, seus conteúdos programáticos e suas disciplinas, palavras que personificam um universo duro e conservador.

    O mundo é a gente que faz, ou seja, “faça você mesmo” a diferença, pratique a criatividade, a gentileza, a cooperação.

    Por que nesta Expedição O Mundo é Maker!

    facebook.com/expedicaomundomaker

    #‎expedicaomundomaker

    ...

    Redação