Redação

Combate ao Racismo

Pesquisar

Pesquisar

  • 20

    MAI

    2016

    O Pedagogo na Educação Profissional de Jovens

    por Maynara Chaves em 20/05/2016

    A contribuição do pedagogo na educação de jovens, ainda que incomum nas salas de ensino fundamental II e médio vem se difundindo no terceiro setor, a fim de oferecer aos alunos subsídios que o preparem para a vida profissional. Mas, qual o papel que o profissional graduado em pedagogia assume neste cenário? A presença do pedagogo dispensa a atuação dos professores especialistas na educação regular? O pedagogo está capacitado para desenvolver práticas educativas com jovens?

    Iniciemos a análise observando que esta idéia foi concebida a partir da evidente necessidade de retomar conteúdos básicos do ensino fundamental com jovens do ensino médio, com o objetivo de conectar o currículo escolar com as expectativas do aluno no mercado de trabalho. O pedagogo retoma e pratica conteúdos de base escolar como interpretação de texto, ortografia, gramática e conhecimento básico matemático.

    Retomar alguns conteúdos essenciais traz uma perspectiva diferenciada ao aluno do ensino médio, que passa a ver sentido nos conteúdos mais complexos lecionados na educação regular.

    Hoje em dia, as disciplinas que compõem o currículo de Licenciatura em Pedagogia contemplam fundamentos e habilidades didático-metodológicas que permitem ao pedagogo entender a forma de cada aluno aprender. É evidente que o profissional neste ciclo atua com diversos desafios de ordem social, que exigem criatividade na resolução de conflitos.

    Não obstante observamos a figura do pedagogo por diversas vezes, referenciada apenas ao trabalho na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental. No entanto, as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de pedagogia tornam evidente a identidade ampla do pedagogo pautada no exercício da docência, na formação teórica e na diversidade de conhecimentos e de práticas.

    Segundo Art. 4º do Conselho Nacional de Educação (2006): “O curso de Licenciatura em Pedagogia destina-se à formação de professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.”

    É imprescindível insistir no fato de que este profissional precisa estar constantemente atualizado, complementando sua graduação inicial com cursos de formação continuada e especializações, a fim de aperfeiçoar sua prática pedagógica com base na reflexão e nos ambientes escolares e não escolares.

    A atuação do pedagogo não descarta a formação e a atuação dos professores especialistas na educação regular, afinal, entendemos o professor especialista como um profissional preparado para transmitir seu conhecimento.  Contudo, independente da formação inicial, todos profissionais envolvidos no processo de aprendizagem partilham do mesmo objetivo: despertar no aluno seu potencial de desenvolvimento.

    Usemos assim, todas as nossas ferramentas e possibilidades de forma assertiva!

     

    Sobre Maynara Chaves

    Graduada em Pedagogia pela Universidade Cruzeiro do Sul, Maynara possui experiência em alfabetização e nas dificuldades de aprendizagem. Envolvida em ações de voluntariado com pessoas com deficiência auditiva, ministra Comunicação e Expressão, Matemática e Temas Transversais. Sua principal característica é a criatividade, pois sempre dá uma roupagem nova a todas as atividades, tornando-as sempre muito atraentes aos alunos.

     

    Sobre o IOS

    Comprometido com a empregabilidade de jovens e pessoas que possuem deficiência física, visual parcial e/ou auditiva que tenham menor acesso às oportunidades do mercado de trabalho, o IOS, que acaba de completar 18 anos, desenvolve projetos de capacitação gratuita em temas variados. "Tecnologia", "Comunicação" e "Administração", por exemplo, compõem a grade de cursos. Qualificado como OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público -, o IOS já capacitou mais de 27 mil profissionais para os setores de Tecnologia da Informação, Administração, RH e Atendimento ao Varejo. A instituição é mantida por empresas privadas como a TOTVS - sua fundadora e principal mantenedora - além da IBM, Accesstage, Atlas Schindler, Brasilprev, Certisign, Rede Globo, Vedacit, Zendesk, dentre outras.

    Mais informações: www.ios.org.br

     

     

     

     

    ...

    Maynara Chaves